VoltarTodos os artigos
João Fins
Revisto por João Fins
João Fins

Licenciado em Economia e com experiência em finanças pessoais. Como redator no Portal do Crédito, tenho a missão de ajudar esclarecer as dúvidas mais comuns dos nossos leitores, no que aos diferentes tipos de crédito diz respeito.

Melhor Crédito Pessoal 2024: Onde Pedir Mais Barato?

Banner Artigo Melhor Crédito Pessoal

Hoje em dia, com tanta oferta no mercado, encontrar o crédito pessoal mais barato pode não ser uma tarefa assim tão fácil.

Isto acontece porque existem várias variáveis a ter em conta na análise como taxas de juro, prazos de pagamento, comissões iniciais e campanhas em vigor.

Assim, para o ajudar, vamos explicar como funciona, que requisitos deve cumprir, e claro, onde e como encontrar o melhor crédito pessoal em 2024 para a sua carteira.

Mas, se pretende saber “já” qual o crédito mais barato para o seu caso, a melhor solução pode passar por simular agora e receber uma proposta grátis.

Juntar Créditos e Poupar
Melhor Crédito Pessoal
Comparação de +10 Bancos
Grátis e Sem Compromisso
Apoio Personalizado
Escolher Finalidade
  • Despesas Gerais
  • Obras
  • Decoração
  • Eletrodomésticos e Tecnologia
  • Formação
  • Férias
  • Pagar Créditos
  • Outros
Montante

Para escolher o melhor crédito pessoal ,é necessário comparar as condições propostas das diversas credoras que atuam em Portugal.

Nesse sentido, aconselhamos a ter especial atenção aos seguintes fatores:

  • Tipo de Crédito: as instituições financeiras têm créditos com taxas de juro diferentes dependendo da finalidade (obras, formação, automóvel, sem finalidade, consolidado, saúde, entre outros);
  • Taxas de Juro: a taxa aplicada a um crédito depende do montante solicitado, prazos de pagamento e do seu perfil de crédito. Por isso, não utilize a TAEG mínima como um fator determinante na comparação entre credoras;
  • Prazos e Montantes: são fatores determinantes para a definição da taxa de juro. Contrate um prazo equilibrado para a prestação não ser muito elevada e que, ao mesmo tempo, não faça aumentar em demasia o seu custo total;
  • Custos Adicionais: algumas credoras oferecem vantagens como a isenção de comissões iniciais. Fique atento a estas e outras vantagens durante a procura pelo crédito pessoal mais barato do mercado;
  • Seguros de Proteção: são opcionais, mas podem salvaguardar o pagamento da prestação em caso de desemprego, doença ou morte. Os custos destes seguros variam conforme as coberturas, montantes e credora;
  • Atendimento ao Cliente: caso tenha problemas durante a vigência do contrato, é importante saber que a credora está disponível para resolver a sua situação de forma célere. A qualidade do serviço ao cliente deve ser tida em consideração.

Ao fazer uma simulação online vai poder ter acesso à Ficha de Informação Normalizada (FIN) para verificar todas as condições do crédito.

EntidadeTAEG (Desde)Montante Min.Comissões
CGD9,8%3.000 €Sim
Unibanco10,3%5.000 €Isento
Credibom10,83%3.000 €Sim
Montepio11,4%1.000 €Sim
Novobanco11,6%5.000 €Isento
Oney11,7%2.500 €Sim
BPI12%1.000 €Sim
ActivoBank12,3%1.000 €Sim
Santander 12,6%1.500 €Sim
Cofidis15,6%2.500 €Isento
Dados retirados dos websites das credoras em junho de 2024

Encontrar o melhor crédito pessoal em 2024 pode ser um desafio devido às diversas opções disponíveis. A tabela acima compara as principais condições oferecidas pelas instituições financeiras em Portugal.

Contudo, escolher o melhor crédito pessoal do mercado pode não ser uma tarefa simples.

Existem vários fatores que podem alterar a TAEG (Taxa Anual Efetiva Global) aplicada no seu caso. Logo, acaba por ser impossível afirmar que determinado banco sempre terá a melhor taxa de juro comparativamente a outro – cada pedido é um caso diferente.

As instituições financeiras frequentemente lançam campanhas para atrair novos clientes, o que pode resultar em juros e comissões mais baixos em certos períodos. Fique atento a essas ofertas.

Deste modo, aconselhamos os nossos leitores a entrar em contacto com uma intermediária de crédito. Estas entidades como têm parceria com diversas credoras, acabam por oferecer aos clientes uma proposta competitiva.

Juntar Créditos e Poupar
Melhor Crédito Pessoal
Comparação de +10 Bancos
Grátis e Sem Compromisso
Apoio Personalizado
Escolher Finalidade
  • Despesas Gerais
  • Obras
  • Decoração
  • Eletrodomésticos e Tecnologia
  • Formação
  • Férias
  • Pagar Créditos
  • Outros
Montante
Tipo de ContratoTAEG Máxima LegalTAEG Média Praticada
Cartão de Crédito19.2%
Linhas de Crédito19.2%
Crédito Consolidado15,8%15,5%
Crédito Para Férias15,8%15,2%
Crédito Para Obras15,8%14,1%
Crédito Sem Finalidade15,8%13,6%
Crédito Automóvel14.3%10,2%
Crédito Para Saúde9.2%6.9%
Crédito Para Formação9.2%7,0%
Energias Renováveis9.2%6,9%
Dados do Banco de Portugal e de simuladores de várias entidades para montante de 10.000 € a 60 Meses.

Os créditos pessoais mais baratos do mercado costumam estar relacionados com saúde, energias renováveis e crédito para formação. Além de terem as taxas de juro mais baixas, permitem prazos de pagamento maiores e benefícios como períodos de carência.

Já se procura um crédito rápido online para fazer face a diversas despesas, pedir um crédito pessoal sem finalidade pode ser uma melhor alternativa que um cartão de crédito.

O crédito pessoal além de apresentar taxas de juro mais baixas que os cartões de crédito (chegam a atingir 19,2%), todo o processo de aprovação costuma ser simples e rápido. Em algumas credoras pode mesmo obter uma pré-aprovação online imediata.

Sabia Que:

Segundo o Banco de Portugal, por ano são solicitados mais de 800 mil cartões e linhas de crédito. Um valor inferior aos mais de 500 mil créditos pessoais anuais.

Todavia, se precisa de financiamento para pagar outros créditos como, por exemplo, cartões e linhas de crédito, um crédito consolidado pode ser a melhor solução.

Esta opção permite juntar todos os seus créditos num único contrato, obter um financiamento extra e ainda ficar com uma prestação inferior ao que paga atualmente.

Procura saber mais sobre como funciona uma consolidação? Leia o nosso artigo “Melhor Crédito Consolidado 2024: Baixe as Prestações Até 60%“.

Juntar Créditos e Poupar
Melhor Crédito Pessoal
Comparação de +10 Bancos
Grátis e Sem Compromisso
Apoio Personalizado
Escolher Finalidade
  • Despesas Gerais
  • Obras
  • Decoração
  • Eletrodomésticos e Tecnologia
  • Formação
  • Férias
  • Pagar Créditos
  • Outros
Montante
Custos de Um CréditoMontante a Pagar
TANVariável
Imposto de Selo Até 4%
Comissão de AberturaVariável*
Taxa de Juro de Mora3%
Taxa de Amortização0,25% ou 0,5%*
Seguro de ProteçãoOpcional e Variável
*algumas credoras isentam o cliente do pagamento destes custos

Quando solicita um crédito pessoal a uma entidade financeira tem de ter em considerção que poderão existir os seguintes custos:

  • TAN: varia conforme o tipo de crédito, montantes, prazos, financeiras e perfil de cliente;
  • Imposto de Selo Sobre Juros: até 4% e é entregue ao estado pela credora;
  • Imposto de Selo Sobre Comissões: definido a 4%e é aplicado sobre as comissões pagas;
  • Taxa de Amortização: se fizer uma amortização antecipada pode ter de pagar 0,25% ou 0,5% do valor a abater;
  • Taxa Juro de Mora: se falhar os pagamentos, no momento da reposição do valor terá de pagar juros de 3% – Decreto-Lei n.º 58/2013;
  • Seguro de Proteção: é opcional e varia conforme a credora e coberturas. Pode ser contratado numa seguradora à parte.

Por forma a pagar os impostos algumas entidades financiam o valor – diluíndo nas prestações. Já outras, obrigam o cliente a pagar uma primeira prestação um pouco mais elevada para saldar este valor.

Se não tiver nacionalidade portuguesa, o custo de adquirir um crédito será o mesmo. Saiba mais no nosso artigo sobre crédito para imigrantes.

Realçamos também que, o seguro de proteção de crédito (opcional) pode ter um peso importante na sua mensalidade.

Seguro de Proteção de CréditoMensalidade
Crédito Pessoal Sem Seguro172,17 €
Crédito Pessoal Com Seguro186,99 €
Exemplo ilustrativo de um crédito pessoal para 10.000 € a 84 meses

Neste exemplo o seguro é de 14,82€, no entanto pode trazer algumas vantagens como proteção em caso de desemprego, invalidez, incapacidade temporária, morte, entre outros.

O tempo de aprovação de um crédito varia dependendo da credora e do tipo de contrato em causa. Todavia, hoje em dia, é possível aprovar e financiar um pedido de crédito pessoal online em 24 horas úteis.

Algumas entidades, com base nos dados obtidos na simulação online, conseguem dar uma resposta imediata através de uma pré-aprovação. No entanto, o cliente ainda tem de enviar a documentação para que possa obter uma aprovação final.

Para acelerar o processo, as entidades financeiras tendem a disponibilizar formas de assinar digitalmente os contratos de crédito.

Exemplo de simulador de crédito pessoal online

Hoje em dia, sem sair de casa podemos fazer simulações em diversas financeiras, solicitar propostas, enviar documentação e assinar o contrato de uma forma intuitiva.

Deste modo, evita-se deslocações aos balcões e burocracias desnecessárias e aumenta-se a probabilidade de conseguir o melhor crédito pessoal possivel.

Para pedir um crédito pessoal, deve utilizar os simuladores online disponibilizados pelas credoras e indicar os seguintes dados:

  • Tipo de Crédito;
  • Montante a Financiar;
  • Prazo de Pagamento Pretendido.

Alguns simuladores indicam, em tempo real, uma estimativa do valor a pagar, enquanto noutros é necessário enviar informações adicionais para obter uma estimativa mais concreta.

Após aprovação o cliente pode assinar o contrato digitalmente graças a um código SMS que recebe no telemóvel. Já noutras, pode assinar digitalmente utilizando o website do governo autenticacao.gov.

Juntar Créditos e Poupar
Melhor Crédito Pessoal
Comparação de +10 Bancos
Grátis e Sem Compromisso
Apoio Personalizado
Escolher Finalidade
  • Despesas Gerais
  • Obras
  • Decoração
  • Eletrodomésticos e Tecnologia
  • Formação
  • Férias
  • Pagar Créditos
  • Outros
Montante

O prazo de pagamento máximo normalmente aplicado pelas entidades financeiras para um crédito pessoal varia entre 84 e 120 meses dependendo da finalidade (crédito pessoal 120 meses).

Estes prazos mais alargados permitem mensalidades mais baixas e saudáveis para as contas mensais de muitas famílias portuguesas.

Contudo, é importante encontrar um equilíbrio entre quanto pode pagar e o custo total do contrato com a credora.

Vamos a um exemplo de um crédito de 10.000 €.

Prazo de PagamentoMensalidadeMTIC
84 Meses164,72 €14.598,90 €
60 Meses210,02 €13.190,18 €
48 Meses248,85€12.445,86 €
Exemplo ilustrativo retirado de um simulador de crédito pessoal para 10.000 €

MTIC – Montante Total Imputado ao Consumidor, representa o custo total do crédito ao fim do prazo de reembolso acordado.

Como pode ver, um prazo de pagamento de 84 meses pode significar uma mensalidade de 164,72 € e um custo total de 14.598,90 €.

Por outro lado, com um prazo mais curto de 60 meses, apesar de pagar 248,85 €, o custo total seria “apenas” de 12.445,86 €.

Encontre um equilíbrio entre o quanto pode pagar mensalmente e o custo total.

Para obter um empréstimo pessoal, além de ter uma taxa de esforço mínima que garanta uma estabilidade financeira (inferior a 50%), deve cumprir com alguns requisitos e enviar alguma documentação.

  • Idade: entre 18 e 75 anos;
  • Residência: Portugal;
  • Situação Profissional: empregado, reformado, ou ser trabalhador independente com atividade aberta há mais de 2 anos.

Além disso, não pode ter dívidas pendentes nem estar em incumprimento. Para confirmarem, as credoras irão consultar o seu Mapa de Responsabilidades do BdP.

O Mapa de Responsabilidades é um documento essencial para a financeira saber se tem prestações em atraso ou está em situação de incumprimento.

Para obter um crédito pessoal, é necessário enviar alguns documentos para validar a identidade do cliente bancário e a sua situação financeira atual:

  • Documento de Identificação Pessoal: cartão de cidadão;
  • Comprovativo de Morada Fiscal: cópia de fatura de água, luz ou telecomunicações;
  • Comprovativo de IBAN: obter na sua entidade financeira via multibanco ou no website da mesma;
  • Comprovativos de Rendimentos: últimos 3 recibos de vencimento ou última declaração de IRS;
  • Mapa de Responsabilidades: clicar em “Central de Responsabilidades de Crédito” no website do Banco de Portugal.

Realçamos que, dependendo do tipo de crédito que pretende solicitar, poderá ter de mostrar evidências da sua utilização.

Exemplo: se pedir um crédito educação, além da documentação acima descriminada, pode ter de enviar um comprovativo da compra do curso à credora.

O seu pedido de crédito foi recusado? Ainda não fez um pedido, mas tem medo de não obter uma aprovação? Então, saiba que existem 3 pequenas formas de aumentar a probabilidade de obter uma aprovação.

  • 2 Titulares de Crédito: colocar dois titulares no contrato de crédito aumenta as garantias do contrato e desce a taxa de esforço;
  • Prazo de Pagamento: se a taxa de esforço é demasiado alta, procure aumentar o prazo. O crédito fica mais caro, mas consegue descer a mensalidade;
  • Subscrição de Seguros: subscrever um seguro significa uma mensalidade maior, no entanto, é uma garantia de pagamento valorizada;

Não se esqueça também que, se estiver desempregado ou em situação de incumprimento com alguma financeira, o pedido de crédito pessoal nunca será aprovado.

Peça somente um crédito se tiver garantias que irá conseguir pagar a sua mensalidade. Caso falhe o pagamento do crédito pessoal, poderá entrar na Lista Negra do Banco de Portugal.

Quando o consumidor procura e contrata um crédito, seja ele que para finalidade for, terá de estar ciente dos seus direitos e deveres perante a instituição financeira.

Passamos assim, primeiramente, a destacar os principais direitos:

  • Receber a Ficha de Informação Normalizada com todas as condições de crédito;
  • Receber a minuta de contrato antes de assinar o contrato – se assim o solicitar;
  • Receber periodicamente um extrato com a informação da evolução do crédito;
  • Desistir do empréstimo até 14 dias a partir da data de assinatura do contrato – não necessita de invocar qualquer motivo – 17º do Decreto-Lei nº133/2009;
  • Pode amortizar parcial ou totalmente qualquer crédito desde que informe a instituição de crédito, pelo menos, 30 dias antes. Saiba mais sobre como amortizar um crédito.

Além disso, se a entidade lhe propor a aquisição de produtos financeiros para baixar as taxas de juro, terá de informar o custo total do crédito com e sem os produtos.

Pode ler todos os seus deveres e direitos no Portal do Cliente Bancário.

Existem também alguns deveres que o consumidor deverá respeitar e cumprir, tais como:

  • Analisar as informações prestadas pelas entidades antes de assinar o contrato;
  • Solicitar ajuda à instituição se não compreender alguma alínea do contrato;
  • Avaliar o impacto das prestações no seu orçamento familiar;
  • Pagar pontualmente as prestações e encargos acordados com a entidade;
  • Pagar custos adicionais – juros de mora, se não cumprir com o acordado;
  • Comunicar alterações de morada e outras informações que possam ser relevantes à instituição.
Juntar Créditos e Poupar
Melhor Crédito Pessoal
Comparação de +10 Bancos
Grátis e Sem Compromisso
Apoio Personalizado
Escolher Finalidade
  • Despesas Gerais
  • Obras
  • Decoração
  • Eletrodomésticos e Tecnologia
  • Formação
  • Férias
  • Pagar Créditos
  • Outros
Montante

Encontrar o crédito pessoal mais barato em 2024 envolve analisar diversos fatores como taxas de juro, prazos de pagamento, comissões e campanhas em vigor. Cada pedido é único, e as melhores opções podem variar conforme o perfil do cliente e as condições oferecidas pelas instituições financeiras.

Por isso, evite olhar somente para TAEG mínima praticada por cada instituição como base de comparação na procura pelo melhor crédito.

Sabia Que?

Este produto financeiro tem uma grande procura. Segundo o Banco de Portugal, em 2023, foram contratados 516.423 créditos pessoais.

Para garantir uma escolha acertada, utilize simuladores online e considere também consultar intermediários de crédito que podem oferecer propostas mais competitivas e sem custos associados.

Por fim, por uma questão de segurança contrate o seu crédito em entidades registada no Banco de Portugal. Entrar em contacto com agiotas ou fazer empréstimos entre particulares pode ser meio caminho para entrar em burlas e complicar a sua situação financeira.

Perguntas Frequentes

Como escolher um crédito pessoal?

Para escolher o melhor crédito pessoal do mercado deve ter em consideração os seguintes fatores:

  • Analisar propostas de várias credoras;
  • Encontrar um equilíbrio entre o prazo de pagamento e a mensalidade;
  • Estar atento a possíveis comissões e taxas;
  • Ter uma taxa de esforço inferior a 50%;
  • Analisar os custos dos seguros associados.

Quais são as principais características de um crédito pessoal?

Dependendo da entidade, um cliente pode solicitar um crédito pessoal até 75.000 €, o pagamento é feito mediante prestações fixas e os prazos podem chegar em alguns casos aos 10 anos.

As taxas de juro são mais baixas que os cartões de crédito e o tempo de aprovação é bastante célere. Em várias instituições poderá obter o financiamento em menos de 48 horas úteis.

Quais as finalidades de um crédito pessoal?

Um crédito pessoal pode ser solicitado para responder a diversas necessidades dos portugueses. Por isso, as instituições financeiras disponibilizam as seguintes finalidades:

  • Crédito Sem Finalidade;
  • Crédito Para Obras e Reparações;
  • Crédito Para Educação e Formação;
  • Crédito Para Saúde;
  • Crédito Para Férias;
  • Crédito Para Energias Renováveis.

Quantos créditos pessoais posso ter?

Pode contratar o número de créditos que entender desde que a sua taxa de esforço mensal não seja superior a 50% dos seus rendimentos líquidos.

Uma alternativa será fazer uma consolidação dos créditos atuais para diminuir os encargos mensais e obter mais financiamento.

Qual o prazo de pagamento máximo num crédito pessoal?

Dependendo da finalidade do crédito e da entidade financeira, o prazo de pagamento máximo legal de um crédito pessoal varia entre os 84 (7 anos) e os 120 meses (10 anos).

Qual o banco com o crédito pessoal mais barato?

Credibom, CGD, Younited Credit e ActivoBank estão entre as entidades com crédito pessoal mais barato. Todavia, como os juros praticados variam conforme o montante, prazo de pagamento e perfil do cliente, o cliente deve sempre fazer várias simulações antes de fazer um contrato.

É seguro pedir crédito pessoal online?

Solicitar um empréstimo pela internet além de ser seguro, permite acelerar o processo de aprovação e financiamento. Todavia, deve somente ser solicitado a entidades financeiras registadas no Banco de Portugal.

Quanto tempo demora um crédito pessoal online a ser aprovado?

O tempo de aprovação de um crédito varia de instituição para instituição, contudo é cada vez mais recorrente obter uma aprovação em menos de 24 horas úteis e o financiamento na conta bancária entre 24 a 48h úteis após o contrato assinado.

É possível obter um crédito pessoal online resposta imediata?

Atualmente o cliente, em diversas entidades privadas de crédito, já consegue obter uma pré-aprovação imediata do seu crédito e obter o financiamento em 48 horas após a aprovação e envio da documentação solicitada.

Neste sentido, dependendo das características do crédito e entidade, poderá conseguir o dinheiro na conta em 24 horas úteis.

É possível alterar um contrato de crédito pessoal?

Se está com dificuldades financeiras e teme entrar em incumprimento, deve entrar em contacto com a instituição e solicitar uma renegociação do contrato.

Esta renegociação tem de ser conseguida por mútuo acordo. Por isso não é garantido que consiga mudar o contrato atual. Porém, em muitos casos poderá beneficiar de taxas de juro mais baixas e/ou prazos de pagamento mais alargados para a prestação mensal baixar.