VoltarTodos os artigos
João Fins
Revisto por João Fins
João Fins

Licenciado em Economia e com experiência em finanças pessoais. Como redator no Portal do Crédito, tenho a missão de ajudar esclarecer as dúvidas mais comuns dos nossos leitores, no que aos diferentes tipos de crédito diz respeito.

Cartão de Crédito Online Aprovado Na Hora: Qual o Melhor?

Qual O melhor Cartão de Crédito

Os cartões de crédito fazem parte do quotidiano dos portugueses há muitos anos e são cada vez mais simples e rápidos de serem aprovados pelas emissoras.

Contudo, por muitas vantagens que possam trazer no dia a dia, se precisa de liquidez, poderão existir melhores soluções para não comprometer a sua saúde financeira.

Por exemplo, se tiver um ou vários cartões e/ou créditos pessoais, pode procurar juntar tudo num único contrato e ainda pedir um financiamento extra com juros mais baixos.

Neste artigo, vamos explicar qual o melhor cartão de crédito online aprovado na hora, quais os custos e descontos associados e as principais alternativas a este produto financeiro.

Cartão de CréditoTAEGAnuidadeTem de Ser Cliente?
Cartão bankintercard19%GratuitoNão
Cetelem Black Plus19%GratuitoNão
Cartão Unibanco19%GratuitoNão
Cartão WiZink19%GratuitoNão
Cartão ActivoBank Classic17,9%GratuitoSim
Cartão Montepio Classic11,4%18,72 €Sim
Cartão CGD Caixa IN15,2%12,48 €Sim
Cartão Santander16,5%28,08 €Sim
Cartão Novobanco Branco10,6%67,60 €Sim
Cartão Novobanco Verde16,8%13,52 €Sim
Cartão ActivoBank AB Gold17,9%27,31 €Sim
Dados atualizados em abril de 2024

Se pretende um cartão de crédito na hora e se as taxas de juro são um fator de decisão importante para si, então o Cartão de Crédito Novobanco Branco e o Cartão de Crédito Montepio Classic poderão ser escolhas acertadas se já for cliente destas entidades.

Apesar de serem cartões com menos benefícios e descontos, apresentam taxas de juro baixas relativamente à média praticada no mercado.

Caso pretenda adquirir um cartão de crédito rápidamente, o Bankinter, Cetelem, Unibanco e Wizink podem ser escolhas mais práticas por não obrigarem a o cliente a criar conta à ordem na instituição.

Sabia Que?

A taxa de juro máxima que as financeiras podem aplicar em cartões de crédito é de 19%. O valor é atualizado todos os trimestres pelo Banco de Portugal.

Todavia, realçamos que as condições destes cartões de crédito online podem ser alteradas conforme o limite de crédito em plafond que pretende e se já é cliente da instituição.

Cartão de CréditoCashbackTaxa Gasolineiras
Cartão bankintercardAté 60€ 1º Ano0,50€ + Imposto
Cetelem Black PlusAté 120€ / AnoIsento
Cartão UnibancoAté 200€ 1º Ano0,50€ + Imposto
Cartão CGD Caixa INEm Parceiros
Cartão CGD Caixa ClassicEm Parceiros0,50€ + Imposto
Cartão Santander1%* + Descontos Extra*Isento
Cartão Verde NovobancoAté 200€ / Mês*
Cartão ActivoBank AB Gold2% Em ParceirosIsento
Dados atualizados em abril de 2024 *somente para clientes com domiciliação de ordenado

Se pretende adquirir um cartão de crédito apenas para uma melhor gestão do dia a dia, e pretende reembolsar sempre o valor usado no mês seguinte para não pagar juros, então contratar um cartão com base na TAEG deixa de ser prioridade.

Aqui entram as vantagens proporcionadas por muitos cartões de crédito com cashbacké uma espécie de desconto direto que permite aos clientes serem ressarcidos dos pagamentos que fazem numa percentagem que pode chegar aos 3%.

Entidades financeiras como o Unibanco, Cetelem, Novobanco ou o cartão bankintercard apesar de apresentarem taxas de juro mais elevadas, não cobram anuidade e devido ao seus sistema de cartões com cashaback podem fazer o cliente poupar até 200 €/ano.

Sabia Que?

Segundo o Banco de Portugal, mais de 886 mil pessoas pediram um cartão ou linha de crédito em 2023.

Outros bancos, como o caso do Santander, apresentam descontos em gasolineiras (Repsol) que podem ser bastante interessantes.

Imagine que faz cerca de 30.000 km por ano no seu carro que consome 5L/100 km. Isto significa que, aos preços de hoje e com o desconto do Santander poderá poupar perto de 200 €/ano.

  • Cartão de Crédito Visa;
  • Adesão 100% Online;
  • Isenção de Comissão de Disponibilização (Sem Anuidade);
  • Limite de Financiamento: 6.000 €
  • Cashback Até 60 € no 1º Ano;
  • Contactless;
  • TAEG: 19%.

Independentemente de qual seja o seu banco, pode solicitar um cartão de crédito bankintercard de forma 100% online.

Este é um dos cartões de crédito em Portugal que permite cashback (3%). Está limitado a 5 € mensais, ou seja, 60 € no primeiro ano de contrato.

Além de não pagar anuidades, os clientes deste cartão do bankintercard têm direito a seguros de cobertura de acidentes pessoais até 500.000 € em caso de morte ou invalidez e assistência em viagem sempre que paga algo com o seu cartão.

Após a adesão, o cartão físico demora entre 5 a 7 dias a chegar a casa.

  • Cartão de Crédito Mastercard;
  • Adesão 100% Online;
  • Isenção de Comissão de Disponibilização (Sem Anuidade);
  • Cashback Até 120 €/ano;
  • Contactless;
  • Crédito Disponível Entre 500 € a 10.000 €;
  • TAEG: 19%.

O cartão de crédito Cetelem, tal como os restantes aqui destacados, está também isento do pagamento de anuidades.

Uma característica deste cartão é a flexibilidade do pagamento do crédito. Caso não pague até ao fim do mês o valor em dívida (sem juros), poderá pagar de forma fracionada em 3x, 12x ou 24x (com juros associados).

Uma vantagem deste cartão é o facto de ter 3% de cashback em supermercados, restaurantes e gasolineiras com um total máximo de 120 euros/ano.

Além disso, ao contrário de boa parte dos cartões de crédito em Portugal, no cartão Cetelem não tem de pagar qualquer taxa sempre que fizer pagamentos numa gasolineira (0,50 € + Imposto de Selo).

Já se um cliente quiser obter um seguro, terá de pagar mais pelo cartão (0,7% por cada 100 € em dívida/mês). Se adquirido, terá acesso a um seguro que abrange morte, desemprego involuntário, invalidez definitiva e incapacidade temporária.

  • Cartão de Crédito Visa;
  • Adesão 100% Online;
  • Isenção de Comissão de Disponibilização (Sem Anuidade);
  • Cashback Até 200 € no Primeiro Ano;
  • Contactless;
  • Créditos Sem Juros 20 a 50 Dias;
  • TAEG: 19%.

O cartão Unibanco é bastante completo, o cliente não tem de pagar comissão de disponibilização (anuidade gratuita) e a aprovação é feita na hora.

Outra grande vantagem deste cartão de crédito Unibanco é o facto de nos primeiros 12 meses de adesão o cliente poder obter até um máximo de 200 € em cashback.

O cashback é um sistema em que parte do valor gasto é devolvido ao cliente em forma de crédito ou dinheiro.

Outra vantagem deste cartão é o facto de permitir que os clientes possam fracionar em 3x os pagamentos em compras acima de 150 € sem juros.

Relativamente a seguros, este cartão tem seguro de viagem e assistência, com coberturas de acidentes pessoais e roubo de bagagem para o cliente e todo o agregado familiar.

Em caso de roubo ou perda do cartão, o cliente pode usar o serviço de atendimento 24h e nunca será responsável por pagar mais do que 50 €.

A maioria das instituições financeiras em Portugal disponibiliza cartões de crédito aos seus clientes com características e benefícios diferentes.

Por essa razão, escolher o melhor cartão de crédito na hora pode ser uma tarefa mais difícil do que aparenta à primeira vista.

Nesse sentido, aconselhamos a analisar os seguintes pontos:

  • Vantagens dos Cartões: muitos cartões oferecem descontos em parceiros, cashback’s, seguros, isenção de anuidades e outras vantagens que podem ser interessantes.

Pode conseguir descontos de vários cêntimos por litro em gasolineiras selecionadas, descontos em restaurantes e hotéis ou mesmo uma percentagem de desconto em todas as suas compras (cashback).

  • Compreender as Comissões: em muitos cartões tem de pagar comissões em gasolineiras ou para levantar dinheiro. Por isso, importa primeiramente analisar quais são os seus objetivos com o cartão e de que forma pretende utilizá-lo no dia a dia.

Muitas vezes temos a tendência de pesquisar por “cartões de crédito gratuitos” ou “cartões de crédito sem anuidade” descuidando os outros pontos de análise.

No entanto, de que interessa estar isento deste custo se não tiver descontos e tiver que pagar comissões por cada levantamento ou pagamento numa bomba de gasolina?

O custo da anuidade não deve ser o fator decisivo para a escolha de um bom cartão de crédito.

  • Analisar as Taxas de Juro: os cartões de crédito têm taxas de juro que podem chegar a atingir os 18,6% – as mais elevadas do mercado. Todavia, se o objetivo for apenas utilizar o dinheiro e saldar a dívida no mês seguinte, então o cliente não tem de pagar qualquer taxa.

Se falhar as datas ou adiar o pagamento da dívida, além de pagar juros pelo valor em falta, irá pagar penalizações e criar um endividamento muitas vezes difícil de saldar.

Se pretender um financiamento único então deverá solicitar antes um crédito pessoal online que tem taxas de juro mais baixas.

Assim, em suma, podemos destacar as seguintes dicas para a escolha e utilização de um cartão de crédito em Portugal:

  • Analisar os descontos e cashback de cada cartão;
  • Evitar cartões com taxas de juro e comissões excessivas;
  • Escolher cartões com bons seguros associados;
  • Cumprir as datas de pagamento para evitar a cobrança de penalizações e juros;
  • Evitar pedir novo cartão para pagar a dívida de outro.

Um cartão de crédito é um meio de pagamento que permite fazer compras de produtos ou serviços sem que os titulares tenham saldo disponível na sua conta à ordem.

Além de ser um meio de pagamento, o cartão de crédito é um contrato de crédito ao consumo, denominado revolving (renovável), pois à medida que o cliente paga os valores utilizados, o plafond volta a ficar disponível para nova utilização.

O valor do plafond é renovado sempre que a dívida é saldada e o limite máximo definido vai sempre depender de vários fatores, entre os quais a sua capacidade financeira.

Realçamos também que, o dinheiro utilizado pelo cartão de crédito, seja ele para pagamentos de bens e serviços (online ou não) ou levantamentos de dinheiro (cash-advance), tem de ser reembolsado em prazos que variam normalmente entre 20 a 50 dias.

Quando um consumidor adquire um cartão de crédito, terá a possibilidade de escolher uma forma de pagamento do valor do plafond:

  • Pagamento Integral (a 100%): optando por esta modalidade, terá de pagar o total do valor em dívida dentro de 20 a 50 dias (dependendo da emissora). Se o fizer, não pagará juros pela utilização do dinheiro em adiantado;
  • Pagamento Parcial: poderá pagar 5%, 25%, 50%, 75% ou outra percentagem da dívida até à data limite. Isto implica que, havendo um montante ainda por regularizar, terá obrigatoriamente de pagar juros por este;
  • Pagamentos Fracionados: em algumas entidades pode pagar em prestações entre 3, 12 ou 24 meses do valor em dívida (com e sem juros associados).

Se fizer o pagamento integral da sua dívida, nos prazos definidos pela entidade, não paga nada em juros pela utilização do seu crédito.

Outro ponto a decidir no ato de adquirir um cartão de crédito online é escolher o mais indicado para o seu estilo de vida enquanto consumidor.

Hoje em dia, as entidades disponibilizam diversos cartões de crédito online aprovados na hora com diversas vantagens e descontos em parceiros selecionados. Vantagens estas que se podem dividir em 4 pilares principais:

  • Cartão de Crédito Cashback: sempre que fizer um pagamento em determinados locais receberá uma percentagem do valor que gastou na sua conta. Geralmente as percentagens variam entre 1% e 3%;
  • Cartão de Crédito Milhas Aéreas: permite acumular milhas com compras via cartão de crédito para depois serem trocadas por viagens e outras vantagens, como o acesso a lounges nos aeroportos;
  • Cartão de Crédito Descontos: permite-lhe poupar nas compras com o cartão ao beneficiar de descontos diretos nos vários parceiros das entidades emissoras;
  • Cartão de Crédito Premium: têm limites de crédito mais elevados, normalmente, aparecem associados às palavras Gold/Platinum/Silver e apenas um grupo restrito de pessoas pode ter acesso. Tem diversas vantagens exclusivas que variam conforme a emissora.
Cartão de Crédito Online Aprovado na Hora Portugal

Hoje em dia, com o desenvolvimento tecnológico, já é possível obter uma aprovação de um cartão de crédito em poucos minutos.

Após a aprovação o cliente envia a documentação para a emissora e esta em muitos casos em menos de 24 horas ativa o cartão de crédito online.

O processo de solicitação de um cartão de crédito online na hora é simples, seguro, com pouca burocracia e bastante rápido.

Como o envio do cartão de crédito físico pode demorar alguns dias, muitas entidades acabam por ativar automaticamente a versão virtual do cartão de crédito para os seus clientes usufruírem desde logo do cartão.

Para solicitar um cartão de crédito online tem de preencher um formulário de adesão e seguir os passos de inscrição digital para validar a identidade, anexar os documentos necessários (indicamos quais mais abaixo) e assinar o contrato via código SMS ou assinatura digital.

Apesar da sua utilidade e conveniência, estes cartões têm encargos associados que poderão incluir:

  • Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) (obrigatório quando o pagamento não é feito a 100%);
  • Anuidade do cartão (alguns cartões estão isentos);
  • Taxa 0,50 € no abastecimento em gasolineiras (alguns cartões estão isentos);
  • Comissão de adiantamento de numerário (alguns cartões estão isentos);
  • Comissões com o levantamento de dinheiro a crédito (alguns cartões estão isentos);
  • Comissões na utilização do cartão no estrangeiro (alguns cartões estão isentos);
  • Juros de mora e comissões por recuperação de valores em dívida (em caso de atraso).

A instituição emissora do cartão deve entregar ao cliente no momento da sua contratação a Ficha de Informação Normalizada (FIN) – onde consta toda a informação sobre o contrato solicitado.

Todos estamos cientes que o online veio transformar o nosso quotidiano para melhor. Simplificando processos, a forma de obtenção de informação e também da compra de produtos os serviços.

No entanto, surgem recorrentemente situações de burlas e fraudes que levam algumas pessoas a ficarem com “um pé atrás” no que concerne à compra online com um cartão de crédito.

Porém, podemos garantir que, adquirir um cartão de crédito 100% online é seguro se o fizer em entidades financeiras registadas no Banco de Portugal.

Além disso, as entidades têm incorporado diversas formas de aumentar a segurança para quem usa um cartão, seja fisicamente ou via online. Falamos de:

  • Sistema 3D Secure: sistema de autenticação de 2 fatores para quando se faz um pagamento online. Minimizando assim o risco de fraudes (é utilizado, de forma obrigatória, por todas as entidades prestadoras deste serviço);
  • Bloqueio de Cartão: perdeu ou roubaram o seu cartão? A maioria das entidades já implementou formas bastante simples e rápidas que o permitem uma pessoa bloquear o cartão para que o mesmo não seja utilizado indevidamente por terceiros.

Para obter aprovação para financiamentos, como crédito pessoal, crédito automóvel ou cartão de crédito, é necessário atender a determinados requisitos e fornecer a documentação necessária.

No que diz respeito aos requisitos, os critérios principais incluem:

  • Mais de 18 e menos de 75 anos (em algumas entidades terá de ter +21 anos);
  • Emprego estável;
  • Morada fiscal em Portugal.

No que concerne à documentação, esta poderá variar de entidade para entidade. No entanto, conte com a seguinte solicitação:

  • Documento de Identificação Fiscal: cartão de cidadão;
  • Comprovativo de Morada: recibo de água, luz, televisão ou outro;
  • Comprovativo de IBAN: solicitar ao seu banco atual;
  • Comprovativo de Rendimento: recibos de vencimento ou declaração de IRS;

Se tiver dificuldades ao enviar alguma desta documentação, pode sempre pedir ajuda à entidade que pretende solicitar o cartão de crédito.

  • Adiantamento de Dinheiro
  • Fácil de Usar
  • Diversos Descontos
  • Bastante Seguro
  • Limite de Plafond
  • Juros Elevados
  • Risco de Endividamento

Solicitar um cartão de crédito pode ser uma decisão vantajosa, mas a gestão inadequada pode complicar a estabilidade financeira dos portugueses.

Neste sentido, indicamos os principais pontos positivos e negativos desta solução.

Vantagens:

  1. Adiantamento de Dinheiro: a capacidade de efetuar adiantamentos de dinheiro, mesmo sem liquidez imediata, é uma grande vantagem dos cartões de crédito;
  2. Fácil de Usar: a simplicidade de utilização no dia a dia e aprovação rápida online sem grandes burocracias são uma das grandes vantagens desta solução;
  3. Diversos Descontos e Cashback: as ofertas de descontos diretos e programas de cashback em diversos parceiros tornam o cartão de crédito atrativo;
  4. Bastante Seguro: os cartões de crédito oferecem várias proteções de segurança, como seguros contra roubo e proteção contra fraudes.
Sabia Que?

Segundo o Banco de Portugal, em 2023, foram concedidos 1,3 mil milhões de euros em cartões, linhas de crédito e descoberto.

Desvantagens:

  1. Limite de Plafond: a limitação do plafond do cartão pode restringir os gastos, podendo ser desvantajoso em situações que exigem uma maior disponibilidade financeira;
  2. Juros Elevados: o pagamento de juros elevados é uma preocupação, especialmente quando as dívidas não são pagas no prazo estipulado;
  3. Risco de Endividamento: o uso frequente do cartão, especialmente com pagamentos parcelados, pode resultar em risco de endividamento.

Embora os cartões de crédito ofereçam diversas vantagens, é crucial geri-los com responsabilidade para evitar entrar numa espiral de dívidas.

Lembre-se, o uso consciente do cartão de crédito é fundamental para manter uma estabilidade financeira sólida.

Se enfrenta dificuldades de liquidez financeira, saiba que existem duas grandes alternativas ao tradicional cartão de crédito na hora que lhe poderão permitir uma melhor gestão financeira.

Crédito Pessoal Online

Para quem necessita de um financiamento considerável, o crédito pessoal apresenta-se como uma alternativa sólida.

Com a capacidade de fornecer financiamento até 75.000 €, este tipo de crédito supera significativamente os limites típicos de um cartão de crédito. Adicionalmente, as taxas de juros são mais baixas e deixa de ter preocupações com comissões recorrentes.

Principais Benefícios:

  • Financiamento até 75.000 €;
  • Taxas de juros mais baixas;
  • Ausência de comissões recorrentes.

Pode selecionar um prazo de pagamento até 120 meses para obter uma mensalidade mais baixa.

Consolidação de Créditos

Se já possui um ou mais créditos e enfrenta dificuldades financeiras, a consolidação de créditos pode ser uma opção a ponderar.

Este tipo de crédito permite juntar de todas as dívidas num único contrato, com prazos de pagamento mais alargados e ainda solicitar um financiamento extra. O resultado é a redução significativa dos encargos mensais.

Principais Benefícios:

  • Agrupamento de todas as dívidas num único contrato;
  • Prazos de pagamento mais alargados;
  • Redução significativa dos encargos mensais;
  • Possibilidade de obter financiamento extra.

Saiba como funciona um crédito consolidado e como e onde poderá solicitar um no nosso artigo: Melhor Crédito Consolidado.

Juntar Créditos e Poupar
Melhor Crédito Pessoal
Comparação de +10 Bancos
Grátis e Sem Compromisso
Apoio Personalizado
Escolher Finalidade
  • Despesas Gerais
  • Obras
  • Decoração
  • Eletrodomésticos e Tecnologia
  • Formação
  • Férias
  • Pagar Créditos
  • Outros
Montante

Um cartão de crédito, além de ser uma boa forma de lidarmos com o pagamento de certas despesas, sem termos no momento a liquidez necessária, pode ser também uma forma de poupar dinheiro.

Os juros a pagar por utilizar o dinheiro em adiantado é somente cobrado caso não pague o valor em dívida normalmente no mês seguinte.

Assim, se souber que irá cumprir com as suas obrigações contratuais, pagando totalmente o valor no prazo estipulado, então, além de não pagar juros, irá ter acesso a inúmeros descontos que ao final de um ano poderão significar uma boa quantia poupada.

A versatilidade destes cartões de crédito fazem com que seja uma forte aposta dos portugueses.

Contudo, se pretende obter liquidez e não tem a certeza que consegue pagar a totalidade do valor no mês seguintes, solicitar um crédito pessoal pode ser uma melhor solução.

A principal razão é o facto das taxas de juro praticadas nos cartões estarem normalmente nos 19%, enquanto que um crédito pessoal pode ser adquirido a taxas a rondadr os 12%.

Nota importante: esteja atento às taxas de juro no momento da contratação de um cartão. Recordamos que a TAEG dos cartões de crédito está limitada pelas taxas máximas fixadas trimestralmente pelo Banco de Portugal.

Perguntas e Respostas

O que é um cartão de crédito?

Os cartões de crédito são um meio de pagamento que permite fazer compras de produtos ou serviços sem que os titulares tenham saldo disponível na sua conta à ordem.

O valor utilizado tem de ser reembolsado dentro das datas estipuladas pela entidade para não pagar juros pelo serviço (normalmente entre 20 a 50 dias). Se não saldar a dívida totalmente, então o cliente tem de pagar juros pelo valor em falta.

Quanto custa um cartão de crédito?

Alguns cartões de crédito são gratuitos, ou seja, não têm qualquer anuidade ou comissão a pagar pela sua contratação. No entanto, outros podem custar mais de 60 € anuais. Já caso o cliente não salde as dívidas no mês seguinte, então é necessário pagar uma taxa de juro (TAEG) que pode chegar aos 18,6%.

Como é que o banco determina o limite de crédito do cartão?

Antes de emitir um cartão, os bancos ou entidades financeiras analisam o seu historial de crédito, assim como os seus rendimentos, de forma a determinar qual o limite de crédito mais adequado para a sua situação.

Qual o melhor cartão de crédito em Portugal?

Se fizer os pagamentos de forma integral, dentro dos prazos estipulados pela entidade, não pagará nenhum cêntimo em juro, logo a taxa de juro aplicada ao seu cartão de crédito será irrelevante. Se assim for, o melhor cartão de crédito será aquele que tiver os descontos e vantagens que mais se adequam aos seus hábitos de consumo.

Caso os seus pagamentos dos valores em dívida não sejam integrais, irá pagar juros, pelo que o melhor cartão de crédito em Portugal será aquele que tiver uma taxa de juro mais baixa (independentemente se tem anuidade ou não).

Quanto tempo demora para receber cartão de crédito?

Depois de um cartão de crédito ser aprovado, muitas financeiras permitem que os clientes possam utilizar desde logo o cartão virtual. No entanto, o cartão físico pode demorar entre 5 a 7 dias a chegar à morada indicada.

O que acontece se não pagar o cartão de crédito?

Se não cumprir com as suas obrigações junto da entidade credora, as consequências podem ser muito negativas. Além de ficar com o seu “nome sujo” no Banco de Portugal – colocando em risco futuras contratações de crédito -, pode ver o seu salário e reembolso do IRS penhorados ou mesmo ser alvo de procedimentos legais.

Como ganhar dinheiro com cartão de crédito?

Alguns cartões de crédito apresentam descontos em gasolineiras, hotéis, restaurantes e cashback de 1% a 3% em compras em diversas empresas que permitem os consumidores pouparem e ganharem algum dinheiro ao final de cada mês.

Como recuperar dinheiro de burla cartão de crédito?

Caso seja vítima de fraude de cartão de crédito deverá entrar em contacto com a entidade emissora do cartão para cancelar o mesmo e verificar a possibilidade de ser reembolsado na totalidade pelo valor perdido.

 

Qual a diferença entre cartão de crédito e débito?

Num cartão de débito o consumidor pode somente utilizar o saldo disponível na conta. Já o cartão de crédito permite fazer pagamentos mesmo com o saldo negativo na conta à ordem através do uso de um plafond pré-acordado com a emissora do cartão.