VoltarTodos os artigos
João Fins
Revisto por João Fins
João Fins

Licenciado em Economia e com experiência em finanças pessoais. Como redator no Portal do Crédito, tenho a missão de ajudar esclarecer as dúvidas mais comuns dos nossos leitores, no que aos diferentes tipos de crédito diz respeito.

Taxa Euribor: O Que é e Como Influência os Créditos?

Com a chegada da Moeda Única no ano de 1999, o Euro (€) passou a ser visto como o câmbio oficial da Zona Euro, e com ele surgiu também a Taxa Euribor.

Desde então, passou a fazer parte do vocabulário dos portugueses, principalmente quando pensam solicitar um crédito habitação.

Neste artigo, pretendemos esclarecer os nossos leitores sobre o seu significado, a importância da Euribor no seu dia a dia e qual a sua influência no seu crédito (positiva ou negativa).


Portal Do Crédito

Consiga o Melhor Crédito!

Avaliação Grátis 100% Online Sem Compromisso

RECOMENDADO

Simular Já

A Euribor, deriva da junção das palavras “Euro Interbank Offered Rate”, que se traduz em “Taxa Interbancária Oferecida em Euros”, e corresponde a uma taxa de referência associada à concessão de qualquer tipo de financiamento.

Ou seja, esta taxa resulta da relação entre bancos e serve de base para a aplicação de uma taxa de juro relativa às transações que as entidades bancárias efetuam entre si (transferências interbancárias) na Zona Euro.

Por outras palavras, a taxa Euribor é o preço a que os bancos emprestam entre si.

Neste sentido, a Euribor foi criada com o objetivo de evitar diferenças discrepantes entre os países da Zona Euro, procurando garantir o equilíbrio dos preços praticados no mercado financeiro.

A nível nacional, a taxa é frequentemente associada aos custos com o crédito habitação.

Contudo, também é um indicador a ter em conta para outros produtos financeiros com taxas variáveis, como certos empréstimos hipotecários, automóvel, consolidação de créditos, entre outros.

A atualização da Euribor é feita pela Federação de Bancos Europeus (EBF) – composto pelo Banco Central Europeu (BCE) e pelos principais bancos centrais e nacionais de todos os Estados-Membros da União Europeia (UE).

Os dados são divulgados pela Agência Reuters diariamente, pelas 11h00 da manhã.

O valor da Taxa Euribor é obtido através do cálculo médio das taxas de juros contratadas.

Após serem apurados todos os dados, eliminam-se as taxas mais altas e as mais baixas (15% de cada), para que a média dos juros contratados seja calculada com base em 70% dos valores fornecidos pelos bancos europeus.

A nível nacional, o valor da Taxa Euribor é determinado pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) e orientado pela EBF.

É certo que a Euribor faz parte do nosso vocabulário económico desde o início do milénio. No entanto, quando nos referimos a esta taxa, devemos ter presente que não existe apenas uma variante.

Já existiram 15 taxas Euribor.

Atualmente, o mercado financeiro apresenta 5 prazos de atualização das taxas de juros euribor associados ao seu crédito.

Ou seja, existem 5 taxas Euribor distintas:

  • Euribor de Atualização Semanal: 1 semana;
  • Euribor de Atualização Mensal: 1, 3, 6 e 12 meses.

Vamos a um exemplo?

Se contratar um crédito habitação com indexante Euribor a 6 meses, significa que os juros do seu crédito vão ser calculados e atualizados a cada 6 meses.

Neste sentido, pode concluir que a sua prestação mensal vai ser calculada novamente a cada semestre – tendo em conta a taxa em vigor nesse período.

Sabia Que?

Existe uma taxa de juros de 1 dia, semelhante à Euribor, a Taxa ESTER, taxa de interesse interbancário da Zona Euro, atualizada e calculada diariamente pelo Banco Central Europeu.

Calculo Taxa Euribor

O valor da Euribor altera consoante o crescimento económico. Fatores com impacto económico e social, como uma crise ou uma guerra, também podem gerar alterações da taxa de juro correspondente ao seu crédito.

Abaixo poderá ver as oscilações verificadas ao longo últimos anos no que concerne ao indexante a 3, 6 e 12 Meses.

Data Euribor 3 Meses Euribor 6 Meses Euribor 12 Meses
09/08/2022 0,321 % 0,737 % 1,113 %
03/01/2022 -0,570 % -0,539 % -0,499 %
04/01/2021 -0,546 % -0,532 % -0,502 %
02/01/2020 -0,379 % -0,323 % -0,248 %
02/01/2019 -0,310 % -0,238 % -0,121 %

Pode consultar os valores da Taxa Euribor no website da Euribor Rates.

Como pode observar, as taxas de juro até ao início do ano de 2022 tinham-se mantido estáveis e em campos negativos (algo bom para quem tem taxa variável no seu crédito habitação).

Todavia, devido à inflação (maximizada pela guerra na Ucrânia), e ao facto do Banco Central Europeu (BCE) ter admitido subir as taxas de juro diretoras, a Euribor começou a subir – mais significativamente desde o 4 de fevereiro de 2022.

Isto significa que, as prestações mensais de quem tem uma taxa variável no seu crédito habitação estão agora a começar a subir.

A Taxa Euribor atingiu máximos históricos em setembro de 2008, com a Euribor a 12 meses a chegar aos 5,489% e a 6 meses a 5,431%.

Quando vamos contratar um crédito, principalmente um crédito à habitação, queremos estar sempre atentos a todos os pormenores para conseguirmos obter o crédito mais barato para a nossa carteira.

Daí, surge a questão – qual será a melhor taxa Euribor para um crédito?

Em 2021, 66,3% dos portugueses escolheram a taxa Euribor a 12 meses, contra 32,5% a 6 meses e apenas 0,2% a 3 meses.

Ora, tendencialmente as taxas a 3 meses costumam apresentar os valores mais baixos. Isto significa que, as prestações mensais sejam um pouco mais baixas para quem escolhe esta taxa.

No entanto, existe um senão… quanto mais curto o prazo de atualização, mais exposto está às oscilações da Euribor provocadas pelo mercado.

Quanto menor for a taxa Euribor, mais barato sairá a sua taxa de juro.

Vamos a um exemplo?

No início do ano de 2022 observamos uma subida, para campo positivo, das taxas de juro Euribor. Assim, quem, tem uma taxa Euribor a 3 meses, sentiu essa mudança na sua prestação mensal muito rapidamente.

Por outro lado, quem tem uma taxa Euribor a 12 meses, contratada em Janeiro de 2022, só no início de 2023 é que irá sentir essa mesma mudança.

Logo, a taxa Euribor a 12 Meses, apesar de mais “cara”, é mais estável.

Já se a Euribor tivesse decrescido significativamente, quem tivesse a taxa com prazos mais curtos sentiria uma descida da sua prestação mais rapidamente.

Logo, a sua decisão está dependente do quão exposto quer estar ao mercado.

Antes de mais, é de relembrar que o intuito da Euribor é regular o mercado financeiro e impedir alterações acentuadas das taxas de juro – praticadas pelas entidades credoras na concessão dos diversos produtos financeiros.

Posto isto, é também certo que o nível das taxas Euribor variam com frequência, contudo são vários os fatores internos e externos às entidades bancárias que provocam a oscilação constante desta taxa.

A evolução das taxas de juro Euribor estão também intimamente ligadas às subidas ou descidas das taxas de juro diretoras do BCE.

Questões sociais, políticas e geográficas, entre outras, são o exemplo que fatores externos têm um papel importante na descida ou subida da Taxa Euribor.

Vamos a um exemplo?

Caso existam políticas focadas no incentivo e crescimento económico, é provável que, para facilitar o acesso aos produtos financeiros, as taxas de juro se mantenham com valores negativos.

Contudo, se estivermos perante um contexto de crise, inflação e aumento de preços, tendencialmente os juros associados à concessão de financiamento tendem a aumentar – o que irá tornar todos os produtos financeiros mais caros.

Na verdade, a Euribor influencia praticamente todos os produtos bancários com taxas variáveis – desde créditos habitação a certos créditos automóveis.

Uma oscilação na taxa Euribor irá representar sempre uma alteração na sua prestação mensal – isto a menos que contrate um empréstimo com uma taxa fixa.

Se tiver uma taxa variável, então, terá de estar atento à Euribor e ao Spread do seu crédito.

Estas duas taxas assumem-se como indicadores determinantes para se apurar a taxa de juros variável na atribuição de qualquer empréstimo.

Assim, se o Spread (soma do indexante (Euribor) com as taxas aplicadas pela sua entidade financeira) aumentar, então terá um aumento da sua mensalidade.

Por outro lado, escolhendo uma taxa fixa, não terá de se preocupar com a taxa Euribor, nem com o Spread, pois, havendo oscilações, ou não, irá pagar o mesmo de prestação mensal.

Procura um crédito habitação e está indeciso entre uma taxa de juro variável ou fixa? Então, leia o nosso artigo sobre Taxa Fixa ou Variável.

Se pretende comprar casa, antes de contratar um crédito habitação, aconselhamos os nossos leitores a informar-se junto das entidades financeiras sobre quais são as tendências e previsões da Euribor do mercado financeiro no momento.

Neste sentido, para contratar um empréstimo que se ajuste à sua situação financeira, procure aconselhamento especializado junto de intermediárias de crédito ou entidades bancárias – para ser possível encontrar a solução ideal para si.


Portal Do Crédito

Consiga o Melhor Crédito!

Avaliação Grátis 100% Online Sem Compromisso

RECOMENDADO

Simular Já

A Euribor (Euro Interbank Offered Rate), é uma taxa de juro aplicada aos diversos produtos financeiros.

Esta taxa corresponde ao valor de referência dos juros aplicados pelas entidades bancárias e intermediárias de crédito nos contratos de financiamentos com o consumidor final.

Os indexantes mais utilizados são a taxa Euribor a 3 meses, taxa Euribor a 6 meses e a taxa Euribor a 12 meses.

Tenha sempre em atenção as tendências e os impactos que a taxa de juro Euribor pode causar no valor total do seu empréstimo.

Não se esqueça que, apesar de só notar o seu impacto de 3, 6 ou 12 em 12 meses, conforme o seu contrato, esta taxa é calculada diariamente.

Esta taxa influencia vários tipos de créditos, mas verifica-se um maior impacto nos créditos de habitação, já que por norma se trata de um financiamento com montante elevado e onde a Euribor vai implicar alterações consideráveis no valor total do seu empréstimo.

Perguntas e Respostas

O Que é a taxa Euribor?

A taxa Euribor resulta da relação entre bancos e serve de referência para a aplicação de uma taxa de juro relativa às transações que as entidades bancárias efetuam entre si (transferências interbancárias) dentro da Zona Euro.

Qual a tendência da taxa Euribor?

A taxa Euribor, tende a oscilar perante diversos fatores como a inflação, crescimento económico e por mudanças das taxas de juro diretoras do Banco Central Europeu.

Por isso, se estivermos perante um contexto de crise, inflação e aumento de preços, tendencialmente a taxa Euribor, tal como todos produtos financeiros, ficarão mais caros.

O que influencia a taxa Euribor?

As taxas Euribor são determinadas pelo mercado, ou seja, pela procura e pela oferta. No entanto, existem outros fatores que poderão determinar oscilações na taxa, tais como o crescimento económico, inflação e as taxas de juro diretoras traçadas pelo Banco Central Europeu (BCE).

Taxa Euribor 3 Meses: o que é?

Ter uma taxa Euribor 3 meses no seu contrato de crédito significa que a cada 3 meses as taxas de juro aplicadas ao seu crédito serão revistas.

Ou seja, a sua prestação mensal irá sofrer alterações tendo em conta a média da Euribor a 3 meses do mês anterior

O que é o Spread e a taxa Euribor?

A taxa Euribor é a taxa de referência da Zona Euro para a concessão de crédito. Já o Spread, é somado à taxa Euribor para corresponder aos juros do seu crédito habitação.

Uma vez que as instituições financeiras em Portugal não determinam a Euribor, o Spread acaba por ser a margem de lucro destas entidades.

Taxa Euribor 6 Meses: o que é?

Ter uma taxa Euribor 6 meses no seu contrato de crédito significa que a cada 6 meses as taxas de juro aplicadas ao seu crédito serão revistas.

Ou seja, a sua prestação mensal irá sofrer alterações tendo em conta a média da Euribor a 6 meses do mês anterior

Quem decide a taxa de juro Euribor?

A taxa Euribor é fixa pela Federação de Bancos Europeus (EBF) composto pelo Banco Central Europeu (BCE) e pelos principais bancos centrais e nacionais dos Estados-membros da União Europeia.

Por outras palavras, a taxa Euribor é fixa pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Taxa Euribor 12 Meses: o que é?

Ter uma taxa Euribor 12 meses no seu contrato de crédito significa que a cada ano as taxas de juro aplicadas ao seu crédito serão revistas.

Ou seja, a sua prestação mensal irá sofrer alterações tendo em conta a média da Euribor a 12 meses do ano anterior