Crédito Pessoal

Qual o melhor banco para crédito pessoal? Ajudamos a escolher

qual o melhor banco para credito pessoal
: o Portal do Crédito não publica artigos patrocinados. O nosso conteúdo é independente e não favorece nenhuma entidade em particular.

Antes de saber qual o melhor banco para crédito pessoal importa perceber que o crédito mais barato está diretamente relacionado com a TAEG – a taxa que inclui todos os encargos relativos ao crédito. Assim sendo, quanto mais baixa for a TAEG, mais baratos lhe ficarão os encargos com o crédito.


Comparador de Crédito

Simule sem compromissos e conheça a melhor solução de crédito para o seu pedido.

SIMULAR AGORA

Queremos com isto dizer que, na altura de contratar um crédito pessoal, a prestação mensal mais baixa não é o indicador a ter em consideração para avaliar se se trata de um crédito barato. Não representa, de todo, o custo do crédito, até porque uma prestação baixa pode significar um montante final imputado ao consumidor (MTIC) bastante elevado.

Por esta razão, é importante que analise bem a TAEG e o MTIC quando estiver a comparar créditos pessoais. Estando consciente de todas estes fatores, então qual é o melhor banco para crédito pessoal?

Qual o melhor banco para crédito pessoal?

Pedir um crédito a uma entidade bancária tem algumas vantagens em relação a outras instituições financeiras (nas quais pode tratar de todo o processo online). Como a contratação é, por norma, feita presencialmente, as taxas de juro são um pouco mais baixas – isto porque é comum os bancos pedirem a compra de alguns dos seus produtos para os clientes terem acesso a taxas de juro mais atrativas.

casal a analisar qual o melhor banco para credito pessoal

Para determinar qual o melhor banco para pedir crédito pessoal, fizemos um levantamento de algumas opções disponíveis no mercado.

Verificamos que para um montante de 10 mil euros, com taxa fixa e com um prazo de pagamento de 60 meses, as condições de alguns dos principais bancos são as seguintes:

BancoValor do créditoTAEG (em maio de 2019)Prestação mensalPrazo de pagamentoMTIC
BPI10.000€13,60%189.55€60 meses15.209,43€
Santander Totta10.000€13,0%210,92€60 meses13.266,20€
Banco CTT10.000€11,30%224,76€60 meses12.890,40€
Montepio10.000€13,20%230,40€60 meses14.515,67€
CGD10.000€10,0%194,13€60 meses12 538,29€
Millenium BCP10.000€12,4%203,80€60 meses13.104,60€
Novo Banco10.000€10,5%202,73€60 meses12.625,83€

Se compararmos os valores associados a cada crédito, rapidamente percebemos que a Caixa Geral de Depósitos é, no mês de maio de 2019, o melhor banco para crédito pessoal, pois reúne as condições ideais em três indicadores fundamentais: a prestação mensal, a TAEG e o MTIC. A ocupar os restantes lugares do pódio temos o Novo Banco e o Banco CTT.

Além da TAEG e do MTIC, que outros aspetos deve ter em consideração?

Para saber qual o melhor banco para crédito pessoal, deve ter vários aspetos em consideração. Independentemente do valor que está a pensar solicitar, um crédito pessoal não deixa de ser um contrato, razão pela qual deve analisar ao detalhe a Ficha de Informação Normalizada que o banco é obrigado a lhe dar antes de assinar seja o que for.

Importa a este propósito frisar que os cuidados a ter num processo de crédito, seja ele qual for, não se limitam à comparação das taxas de juro. Precisa de conhecer todos os custos que costumam estar associados, nomeadamente comissões de análise, comissões de gestão e eventuais seguros que possam ser exigidos.

Assim sendo, em tom de resumo, tenha sempre especial atenção aos seguintes parâmetros para escolher o melhor crédito pessoal.

1. Taxas de juro e custo total do crédito: TAEG e MTIC

Tenha especial atenção à TAEG e MTIC das várias opções que estão ao seu dispor. Como referimos anteriormente, precisa de um crédito pessoal, mas também precisa de se concentrar em encontrar o mais barato.

A este respeito, é importante que saiba que para conhecer efetivamente o custo do empréstimo, as entidades bancárias têm de lhe apresentar:

a) Taxa Anual Nominal (TAN): representa o custo associado aos juros do empréstimo.

b) Taxa Anual Efetiva Global (TAEG): esta taxa engloba a TAN e todos os encargos associados ao empréstimo, sendo que varia de instituição para instituição. Portanto, é essencial que identifique a mais vantajosa do mercado para o valor que irá contratar.

c) Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC): que corresponde ao valor global que pagará pelo crédito. Isto é, a soma do montante do empréstimo e dos custos com juros, comissões, impostos, seguros e outros encargos.

2. Prazo de pagamento

Opte, na medida do possível, por um prazo de pagamento curto. Quanto mais depressa conseguir pagar o empréstimo, menor será o custo total do mesmo.

3. Comissões

Tente sempre negociar as comissões. Este é um aspeto que não deve descurar na hora de decidir qual o melhor banco para crédito pessoal. Como há muita oferta de crédito pessoal no mercado, tente sempre negociar as comissões de abertura de processo ou de manutenção e não aceite os primeiros números que lhe apresentarem.

analisar qual o melhor banco para credito pessoal

Cuidados a ter para negociar um crédito pessoal vantajoso

Se tem um historial de mau pagador é considerado um cliente de risco. Isto significa, na prática, que terá muitas dificuldades em ver um pedido de crédito aprovado junto de qualquer entidade bancária, pois tem o nome comprometido na Central de Responsabilidades de Crédito – conhecida como “lista negra” do Banco de Portugal.

Além disso, certifique-se de que tem garantias para assegurar a taxa de esforço – indicador que traduz a percentagem dos gastos face ao vencimento de uma determinada pessoa ou família. O facto de ter um emprego estável ou outras garantias também ajudará (e muito) na aprovação do crédito, depois de decidir qual o melhor banco para crédito pessoal.

Pode utilizar o simulador de crédito pessoal do Portal do Crédito para descobrir qual a melhor solução de financiamento para o seu caso.

Artigos relacionados

Se tiver alguma dúvida ou questão, fale connosco pelo Messenger
Viviane Soares
Viviane Soares é redatora e editora, com mais de três anos de experiência na escrita de artigos de finanças pessoais. No Portal do Crédito, tem como principal objetivo disponibilizar a melhor informação sobre financiamento, de forma prática e acessível.