Crédito Pessoal

Crédito pessoal aprovado na hora: como e onde pedir

credito pessoal aprovado na hora
: o Portal do Crédito não publica artigos patrocinados. O nosso conteúdo é independente e não favorece nenhuma entidade em particular.

Conseguir um crédito pessoal aprovado na hora é, muitas vezes, uma tábua de salvação para fazer face a um imprevisto financeiro urgente, até porque as necessidades de crédito surgem muitas vezes sem aviso.


Comparador de Crédito

Simule sem compromissos e conheça a melhor solução de crédito para o seu pedido.

SIMULAR AGORA

Nestes momentos, em que o tempo parece estar contra nós, o que verdadeiramente precisamos é de um processo rápido e, sobretudo, descomplicado (sem muitas burocracias). Melhor ainda se pudermos tratar de tudo online e de forma segura.

Crédito pessoal aprovado na hora: solução rápida, flexível e online

São algumas as instituições financeiras em Portugal que lhe podem conceder um crédito pessoal aprovado na hora. Porém, antes de contratar qualquer um deles, aconselhamo-lo a fazer simulações e para isso pode usar o nosso simulador de crédito. E porquê? Para conseguir perceber qual o crédito que melhor se adequa às suas necessidades e, claro, aquele que apresenta condições mais competitivas.

Este processo é relativamente simples e rápido e, se o fizer, ficará a perceber melhor o valor das taxas de juro que se estão a praticar no mercado para este tipo de crédito. Além disso, permitir-lhe-á poupar alguns euros.

À medida que faz a sua pesquisa tenha em consideração: qual o espaço que tem no orçamento para pagar a prestação; qual o valor de que realmente precisa; qual o melhor crédito pessoal para si.

Como pedir?

Depois de analisar com cuidado todas estas questões e escolher a instituição financeira, necessita apenas de:

1. Preencher um formulário online, no qual simula o montante e o prazo de pagamento do empréstimo a contrair;

2. Inserir os seus dados pessoais e finalizar o seu pedido.

Posto isto, obterá, no espaço de poucos minutos, uma resposta. Se for positiva, terá de conferir todos os dados, imprimir o contrato, assinar e enviar o mesmo, juntamente com a cópia dos documentos solicitados para a instituição que lhe está a conceder o crédito.

Depois de validado o pedido, o montante solicitado será depositado na sua conta bancária no espaço de 24 a 48 horas.

casal analisar credito pessoal

Onde pedir?

Antes de mais, importa saber que um crédito pessoal pode ser subscrito através de:

Uma entidade bancária: a contratação é, por norma, feita presencialmente e exige mais burocracia. Ainda assim, poderá ser uma opção especialmente vantajosa, dado que as taxas de juro são, normalmente, um pouco mais baixas – isto porque é comum os bancos pedirem a compra de alguns dos seus produtos para os clientes terem acesso a taxas de juro mais atrativas.

Uma instituição financeira: o processo de contratação é efetuado online e, se for aprovado, o dinheiro solicitado poderá estar na sua conta num espaço de 48 horas. Apesar de cada caso ser um caso, as taxas de juro das instituições financeiras são, geralmente, um pouco mais altas. Ainda assim, se precisa de liquidez urgente, esta será, provavelmente, a opção a considerar.

Para poder comparar e ajudá-lo a decidir, fizemos cinco simulações de crédito e os resultados que obtivemos para um empréstimo de 7.500€ com um prazo de pagamento de 48 meses foram os seguintes:

1. Crédito pessoal aprovado na hora – Cofidis

2. Crédito pessoal aprovado na hora – Cetelem

3. Crédito pessoal aprovado na hora – Credibom

4. Crédito pessoal aprovado na hora – Unibanco

5. Caixa Geral de Depósitos

  • TAN: 5,89%
  • TAEG: 10,86%
  • MTIC: 9.057,25€
  • Prestação mensal: 175,76€ – ao qual acresce 180€ do Imposto de Selo de abertura do crédito. Ver mais detalhes >

Todos os meses, analisamos as condições oferecidas pelas várias instituições financeiras e entidades bancárias e revelamos o melhor crédito pessoal. Confira o nosso artigo.

calcular credito pessoal

Quais os aspetos a que deve estar atento?

Importa salientar que os cuidados a ter num processo de crédito, seja ele qual for, não se limitam à comparação das taxas de juro. Precisa de conhecer todos os custos que costumam estar associados, nomeadamente comissões de análise, comissões de gestão e eventuais seguros que possam ser exigidos.

Assim sendo, tenha sempre especial atenção aos seguintes parâmetros:

1. Taxas de juro e custo total do crédito: TAEG e MTIC

Tenha especial atenção à TAEG e MTIC das várias opções que estão ao seu dispor. Como referimos anteriormente, precisa de crédito pessoal aprovado na hora, mas também precisa de se concentrar em encontrar o crédito mais barato.

A este respeito, é importante que saiba que para conhecer efetivamente o custo do empréstimo, as instituições de crédito têm de lhe apresentar:

a) Taxa Anual Nominal (TAN): representa o custo associado aos juros do empréstimo.

b) Taxa Anual Efetiva Global (TAEG): esta taxa engloba a TAN e todos os encargos associados ao empréstimo, sendo que varia de instituição para instituição. Portanto, é essencial que identifique a mais vantajosa do mercado para o valor que irá contratar.

Custos incluídos na TAEG:

  • Juros;
  • Comissões;
  • Impostos;
  • Seguros obrigatórios para o pedido de crédito;
  • Comissões de manutenção de contas bancárias;
  • Outras despesas associadas ao contrato de crédito.

Custos não incluídos na TAEG:

  • Valores a pagar caso o cliente entre em incumprimento das obrigações previstas no contrato;
  • Comissões de reembolso antecipado do crédito;
  • Custos do notário.

c) Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC): que corresponde ao valor global que pagará pelo crédito. Isto é, a soma do montante do empréstimo e dos custos com juros, comissões, impostos, seguros e outros encargos.

Nota importante: todas estas informações devem constar da Ficha de Informação Normalizada (FINE) que as instituições são obrigadas a disponibilizar.

2. Prazo de pagamento

Opte, na medida do possível, por um prazo de pagamento curto. Quanto mais depressa conseguir pagar o empréstimo, menor será o custo total do mesmo.

3. Comissões

Tente sempre negociar as comissões. Como há muita oferta de crédito pessoal no mercado, tente sempre negociar as comissões de abertura de processo ou de manutenção e não aceite os primeiros números que lhe apresentarem.

Vantagens e desvantagens do crédito pessoal aprovado na hora

Principais vantagens

1. Acesso fácil e rápido a financiamento

Se precisa de financiamento imediato, o crédito pessoal é, sem dúvida, uma solução a ter em conta. Enquanto que noutros tipos de crédito a aprovação do crédito pode tornar-se um processo moroso, esta solução de financiamento permite um acesso rápido ao dinheiro que se pretende receber emprestado.

2. Flexibilidade nos prazos de pagamento

A contratação de um crédito pessoal permite-lhe escolher um prazo de pagamento e uma prestação mensal ajustados às suas necessidades. É muito flexível em termos de uso.

3. Possibilidade de requerer liquidez adicional

Mesmo depois de ter contratado uma quantia específica, há a possibilidade de requerer liquidez adicional.

4. Pouca documentação

A contratação de um crédito pessoal é tão simples que todo o processo pode ser efetuado online. Neste caso, os documentos solicitados são, por norma, os seguintes:

  • Cartão de Cidadão;
  • Número de Identificação Fiscal;
  • Última declaração de IRS;
  • Três últimos recibos de vencimento;
  • Comprovativo de morada;
  • Comprovativo de NIB.

Se o crédito pessoal for aprovado, só terá de juntar cópias destes documentos e enviá-los, por remessa livre, para a morada da instituição que concede o crédito.

Apesar das vantagens evidentes, há um conjunto de precauções a ter, até porque as principais vantagens desta solução de financiamento podem, rapidamente, transformar-se em desvantagens.

Desvantagens

1. Pagamento de juros

Ao contrair um crédito, seja ele qual for, deve sempre analisar ao pormenor os custos associados à sua contratação, nomeadamente as taxas de juro. Como no crédito pessoal os montantes solicitados são reduzidos, os juros podem atingir valores consideráveis. A este respeito, reiteramos, não descure as simulações, por forma a encontrar taxas mais atrativas.

Recordamos também que, se se atrasar no pagamento das prestações mensais, terá ainda de contar com os juros de mora e comissões.

2. Risco de endividamento

O acesso fácil e rápido a financiamento, proporcionado pelo crédito pessoal, é uma vantagem e, ao mesmo tempo, uma desvantagem. Isto porque poderá conduzir a uma acumulação impulsiva de vários créditos e, assim, a uma situação de endividamento excessivo.

3. Risco de restrição de créditos

Se não cumprir as obrigações contratadas, corre não só o o risco de ver os seus bens penhorados, mas também ver o seu nome na “lista negra” do Banco de Portugal. A verificar-se, esta situação impossibilita a utilização de cartão de crédito, de cheques e de contratar novos créditos.

Há alternativas a este tipo de crédito?

Se tem um historial de mau pagador e é considerado um cliente de risco, terá muitas dificuldades em ver um pedido de crédito aprovado junto de qualquer entidade bancária, pois tem o nome comprometido na Central de Responsabilidades de Crédito – conhecida como lista negra do Banco de Portugal.

Ainda assim, tente conversar com o seu gestor de conta e talvez abordar a possibilidade de renegociar as dívidas.

Se ainda não entrou numa situação de incumprimento, tem sempre a possibilidade de juntar créditos. A vantagem de recorrer à consolidação é a de aliviar o seu orçamento mensal e ver reduzidas as prestações dos empréstimos que contraiu, uma vez que passará a pagar uma única prestação mensal, num prazo mais alargado, e relativa a todos os créditos que contraiu (mesmo que em entidades bancárias distintas).

Ao pedir um crédito consolidado poderá pedir uma liquidez adicional para colmatar a necessidade de crédito urgente. Embora seja um produto com relativa complexidade, quando mediado corretamente, pode ver o seu crédito consolidado aprovado em 48 horas.

Outra das alternativas é o recurso ao cartão de crédito. Recordamos que os cartões de crédito sem juros podem ser mais baratos do que um crédito pessoal. Poderão facilitar-lhe a vida sem colocar em risco as suas finanças pessoais ou a segurança financeira da sua família.

Faça simulações

O simulador do Portal do Crédito visa identificar a entidade com as melhores condições de crédito pessoal para si, de acordo com as suas necessidades e características do seu perfil. Tem acesso, em tempo real, às taxas de juro e condições das várias entidades de financiamento em Portugal.

Dica importante

Tendo em consideração a grande oferta de mercado, o crédito pessoal mais em conta será sempre aquele com o valor total a pagar mais reduzido e não aquele com as prestações mensais mais baixas – já que o prazo de pagamento pode ser maior.

Além disso, e voltamos a frisar esta questão, as melhores condições para subscrever um crédito pessoal são definidas pela taxa de juro, que deve ser baixa. Ou seja, opte sempre por um crédito pessoal que apresente a TAEG mais atrativa.

Artigos relacionados

Se tiver alguma dúvida ou questão, fale connosco pelo Messenger