Crédito Automóvel

Transferir crédito automóvel para outra pessoa: guia passo a passo

Transferir crédito automóvel para outra pessoa
: o Portal do Crédito não publica artigos patrocinados. O nosso conteúdo é independente e não favorece nenhuma entidade em particular.

Pediu um empréstimo ao banco para comprar carro, mas agora precisa de transferir o crédito automóvel para outra pessoa. Isto porque se encontra num momento delicado em termos financeiros; precisa de fazer face a uma despesa inesperada; precisa de mais liquidez mensal; ou, simplesmente, porque precisa do dinheiro para investir noutro bem.


Comparador de Crédito

Simule sem compromissos e conheça a melhor solução de crédito para o seu pedido.

SIMULAR AGORA

Seja qual for a sua situação, e se encontrou uma pessoa interessada no bem, saiba que é possível fazer esta operação.

Como transferir crédito automóvel para outra pessoa

Ao transferir um crédito automóvel para outra pessoa está a fazer uma cedência de crédito – ou, em linguagem de mercado, uma cedência de posição contratual.

Neste processo, precisa, em primeiro lugar, de encontrar uma pessoa interessada no bem e na cedência. Depois disso, terá de acordar com a instituição financeira que lhe emprestou o dinheiro a transferência do crédito de um titular para outro.

Vamos supor que precisa de transferir crédito automóvel para outra pessoa porque, neste momento, o seu rendimento não lhe permite suportar os encargos com as mensalidades. Neste caso, a cedência de crédito é uma boa solução para evitar entrar em incumprimento e, deste modo, ficar com o nome comprometido na Central de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal – chamada “lista negra“.

A título de exemplo, vamos considerar que negociou com o banco um crédito automóvel no valor de 30 mil euros por um prazo de 48 meses e deixou de o conseguir pagar aos 36 meses. Neste caso, o que acontece é que o titular que aceitar a cedência de crédito pagará os restantes 12 meses, mais o valor acordado para a venda do carro.

Como proceder para fazer a cedência de crédito?

Após ter encontrado um interessado em fazer o negócio, terá de proceder da seguinte forma:

Passo 1: negociar com o banco

Procure o seu gestor de conta e exponha a situação. Nesta fase, terá de estar na posse dos dados do novo titular para os partilhar com o banco. Isto porque a entidade bancária precisa de avaliar se o próximo titular tem condições para suportar a dívida. Se esta avaliação for positiva, há uma grande probabilidade de conseguir transferir o crédito automóvel para outra pessoa.

Como transferir crédito automóvel para outra pessoa

Passo 2: acordar os novos termos do contrato de crédito

Nesta fase, é importante que fique estabelecido (entre as três partes) as condições em que se processará a troca. Regra geral, o novo titular fica exatamente com as mesmas condições que o primeiro titular detinha no contrato de financiamento.

Passo 3: oficializar o processo

De seguida, as três partes precisam de se reunir para legalizar a cedência de posição contratual. Nesta fase, o novo titular precisa de se fazer acompanhar dos documentos necessários para contratualizar o crédito. Estes documentos são, por norma, os seguintes:

  • Cartão de Cidadão;
  • Número de Identificação Fiscal;
  • Última declaração de IRS;
  • Últimos 3 recibos de vencimento;
  • Comprovativo de morada;
  • Comprovativo de NIB.

Nota: é importante que tenha em mente que o banco pode não aceitar a cedência de posição contratual. Como referido, apesar de ser uma alternativa viável para quem deixa de ter condições de pagar a dívida, a última palavra é sempre da instituição financeira.

Transferir crédito automóvel para outra pessoa: o nosso conselho

Se está disposto a transferir crédito automóvel para outra pessoa, aconselhamo-lo a oficializar o processo. Isto é, não caia na tentação de fazer a cedência de crédito verbalmente, em que o novo titular fica a pagar o empréstimo continuando o contrato em seu nome.

Por mais confiança que tenha na pessoa em questão, mesmo tratando-se de um familiar, nada ficou escrito e o novo titular é completamente desconhecido para o banco. É sempre um risco fazer este tipo de acordo.

Acordo para transferir crédito automóvel para outra pessoa

Imagine que, por uma qualquer razão, essa pessoa deixa de pagar o crédito ou atrasa-se no cumprimento das obrigações. As consequências para a sua vida financeira podem ser desastrosas.

Além da dívida propriamente dita (e dos juros de mora), ficará com registos de incumprimento no seu Mapa de Responsabilidades de Crédito, razão suficiente para que nenhum banco lhe conceda novo crédito.

Alternativas à transferência de crédito automóvel para outra pessoa, em caso de necessidade

Além disso, se está a recorrer à cedência de posição contratual por necessidade, apesar de não se querer desfazer do bem para o qual solicitou financiamento, porque não procurar outras alternativas? Temos aqui partilhado consigo a possibilidade de recorrer ao crédito consolidado para melhor gerir as suas prestações com créditos.

Recordamos, a este propósito, que ao juntar todos os seus créditos num só, ficará a pagar uma única mensalidade (e inferior ao somatório das prestações que paga atualmente). Isto porque o prazo de pagamento do crédito consolidado é normalmente superior.

Isto não quer dizer que no fim vai pagar mais por este tipo de crédito, até porque as taxas de juro são mais baixas, no entanto, é comum prolongar-se o prazo.

Além disso, ao recorrer à consolidação, tem sempre a possibilidade de solicitar uma liquidez adicional para, por exemplo, fazer face a outras despesas. Contudo, é fundamental que consiga gerir com cautela esta possibilidade.

Antes de contratar um crédito, aconselhamo-lo a fazer simulações e para isso pode usar o nosso simulador de crédito. E porquê? Para conseguir perceber qual o crédito que melhor se adequa às suas necessidades e, claro, aquele que apresenta condições mais competitivas.

Este processo é simples e rápido e, se o fizer, ficará a perceber melhor o valor das taxas de juro que se estão a praticar no mercado para este tipo de crédito. Além disso, permitir-lhe-á poupar alguns euros.

Artigos relacionados

Se tiver alguma dúvida ou questão, fale connosco pelo Messenger
Viviane Soares
Viviane Soares é redatora e editora, com mais de três anos de experiência na escrita de artigos de finanças pessoais. No Portal do Crédito, tem como principal objetivo disponibilizar a melhor informação sobre financiamento, de forma prática e acessível.