Crédito Habitação

Pagar crédito habitação antecipado: saiba se vale a pena

pagar crédito habitação antecipado
: o Portal do Crédito não publica artigos patrocinados. O nosso conteúdo é independente e não favorece nenhuma entidade em particular.

Amortizar crédito habitação ou, dito por outras palavras, pagar crédito habitação antecipado, significa pagar adiantado uma parte da dívida que tem com o credor – entidade bancária ou instituição financeira.


Comparador de Crédito

Simule sem compromissos e conheça a melhor solução de crédito para o seu pedido.

SIMULAR AGORA

Esta amortização pode ser total – acabando com a dívida – ou parcial – faz um pagamento mais avultado ao banco, mas continua com dívida, embora mais reduzida.

Qualquer cliente que tenha um contrato de crédito pode pagar o crédito habitação antecipado quando bem entender, desde que essa possibilidade esteja prevista no contrato inicial.

Pagar crédito habitação antecipado: vantagens e desvantagens

A partir do momento em que contraiu um crédito habitação, a principal preocupação é, desde logo, amortizar o empréstimo, seja para acabar com a dívida de vez ou para pagar uma prestação mensal mais baixa. Mas será que pagar crédito habitação antecipado é uma solução que compensa mesmo?

Principais vantagens

A vantagem mais óbvia de pagar crédito habitação antecipado é, sem dúvida alguma, a de minimizar o encargo financeiro mensal. Se a amortização for total, fica sem dívidas. Se for parcial, fica com uma dívida mais reduzida.

baixar spread do crédito habitação

É importante recordar que numa amortização de crédito parcial, não só está a adiantar o pagamento do valor que deve ao banco, mas também a reduzir todas as outras despesas – juros, comissões, seguro de vida do crédito habitação. Ou seja, tudo baixa quando o valor em dívida desce.

Desvantagens

Como as instituições financeiras não estão interessadas na amortização do crédito, a primeira questão com que o vão confrontar será a das taxas que terá de pagar para o fazer. Recorde-se que estas taxas serão sempre proporcionais ao valor que está a amortizar, logo, quanto mais amortizar, maior será o valor das taxas a pagar.

E quais são os valores dessas taxas? Apesar de variarem de instituição para instituição e entre o tipo de taxa de juro contratada – fixa ou variável -, existe um limite máximo estabelecido por lei para estes encargos, a saber:

  • Nos contratos de crédito com taxa de juro variável, a comissão não pode ser superior a 0,5% do capital reembolsado;
  • Nos contratos de crédito com taxa de juro fixa, a comissão não pode ultrapassar os 2% do capital reembolsado.

A este propósito, importa ainda frisar que se o pagamento do crédito habitação antecipado se dever a fatores como desemprego, deslocação profissional ou morte de um dos titulares do empréstimo, ficará isento do pagamento destas taxas.

Voltando às desvantagens, é importante não se esquecer de todos os produtos associados ao crédito: condições do seguro de vida, taxas de juro bonificadas nos depósitos a prazo, contas sem despesas de manutenção, etc. Saiba, desde já, que pode mudar o seguro de vida do crédito habitação.

Queremos com isto dizer que as condições vantajosas que tem com estes produtos – por estarem associadas a uma contrato de crédito – provavelmente, desaparecerão.

Pondere os prós e os contras antes de pagar crédito habitação antecipado. Apesar de, na nossa opinião, ser mais vantajoso amortizar o crédito, sobretudo por causa do alívio financeiro que trará ao seu orçamento familiar, cabe-lhe a si avaliar se a amortização é uma boa opção para as suas finanças pessoais.

Dica: antes de decidir se deve ou não pagar crédito habitação antecipado, faça as contas a tudo o que ganha em amortizar a dívida, (mesmo que parcialmente); e a tudo o que perde com isso. Se os ganhos forem maiores do que as perdas, então não hesite.

Como pagar crédito habitação antecipado: prazos a cumprir

Antes de amortizar o valor da dívida ao banco, terá de avisar a instituição financeira onde contraiu o crédito. E, a este respeito, importa recordar que há prazos a respeitar.

Amortização parcial

Neste caso, terá de avisar a instituição financeira com 7 dias úteis de antecedência, no mínimo, sendo que a amortização deverá coincidir com a data de pagamento da sua prestação mensal.

Amortização total

Neste caso, existem dois prazos a respeitar em contextos distintos.

1. Se quiser reembolsar o empréstimo na totalidade, deverá avisar o banco com 7 dias úteis de antecedência, coincidindo a data da amortização precisamente com a data do pagamento da prestação mensal.

2. Porém, se a amortização derivar da venda da casa, deverá notificar a instituição com um aviso prévio de 10 dias úteis, para que possa ser emitido o documento que extingue a dívida do crédito à habitação. Isto porque este documento será necessário no momento da assinatura da escritura.

Todos os meses analisamos as taxas e condições dos vários bancos e revelamos o melhor crédito habitação. Não deixe de ler a nossa análise.

Artigos relacionados

Se tiver alguma dúvida ou questão, fale connosco pelo Messenger
Viviane Soares
Viviane Soares é redatora e editora, com mais de três anos de experiência na escrita de artigos de finanças pessoais. No Portal do Crédito, tem como principal objetivo disponibilizar a melhor informação sobre financiamento, de forma prática e acessível.