Cartões de Crédito

Como pedir cartão de crédito e aspetos a considerar antes da escolha

como pedir cartão de crédito
: o Portal do Crédito não publica artigos patrocinados. O nosso conteúdo é independente e não favorece nenhuma entidade em particular.

Como pedir cartão de crédito? Antes de mais, importa saber que um cartão de crédito é um meio de pagamento que lhe adianta dinheiro (de acordo com um plafond) mesmo não tendo liquidez na conta.


Comparador de Crédito

Simule sem compromissos e conheça a melhor solução de crédito para o seu pedido.

SIMULAR AGORA

Pode restituir à instituição financeira (onde contratou o cartão) o total do valor que lhe foi adiantado ou fazê-lo às prestações. Importa, contudo, saber que neste último caso terá de pagar juros sobre esse montante.

Ou seja, é uma forma de crédito como outra qualquer, razão pela qual importa não só estar bem informado sobre todas as condições associadas ao cartão, mas também considerar uma série de aspetos antes de contratar um. E que aspetos são esses?

Como pedir cartão de crédito: principais requisitos e cuidados a ter

Existem no mercado vários tipos de cartões de crédito, entre os quais se encontram, por exemplo, os que possuem cashback, pontos, milhas aéreas, entre outros.

No momento de escolher um deles é importante que tenha em consideração o seu perfil de utilizador, de forma a tirar o máximo partido do cartão que escolher. Isto é, se não costuma viajar talvez não faça sentido escolher um cartão de crédito com milhas aéreas. Agora, se tem por hábito, por uma questão de gestão do seu vencimento, fazer todos os pagamentos com cartão de crédito, talvez valha a pena contratar um com cashback.

Isto porque, cada vez que efetuar um pagamento com recurso ao cartão de crédito com cashback receberá uma percentagem (denominada, precisamente, de taxa de cashback) do valor que gastou, que geralmente varia entre 1% e 3%.

Por exemplo, se gastar todos os meses no supermercado uma média de 500€ e o seu cartão tiver associada uma taxa de cashback de 2%, receberá 120€ ao final do ano (500€ x 0,02 x 12 meses = 120€).

Requisitos gerais para pedir cartão de crédito

Em Portugal, a maioria das instituições exige que se seja maior de idade e com residência permanente no país. De acordo com o tipo de cartão que solicitar, será ainda avaliado se tem um emprego estável ou mesmo se preenche os requisitos mínimos salariais.

Se pretende pedir um cartão de crédito a uma entidade bancária, certifique-se de que não tem registos de incumprimento no seu Mapa de Responsabilidades do Banco de Portugal, pois, como aqui temos partilhado, se se encontrar numa situação de incumprimento, então será impossível a concessão de um qualquer crédito por parte da banca, inclusivamente de um cartão de crédito.

Se, por isso, optar por recorrer a outra entidade emissora, tenha cuidado com a sua taxa de esforço. Não se endivide sem ter a certeza de que consegue cumprir com as suas obrigações, pois as consequências podem ser graves para a sua vida pessoal e financeira.

Mulher a informar-se online sobre como pedir cartão de crédito

Dica: precisa de dinheiro e está a pensar em contratar um crédito? Faça a sua simulação de crédito sem compromissos e descubra qual o crédito pessoal, consolidado ou habitação mais vantajoso para si.

Aspetos a ter em consideração para uma escolha adequada ao seu perfil

Sobre como pedir um cartão de crédito, importa estar informado sobre alguns aspetos, nomeadamente:

1. Juros

Sendo os juros o preço a pagar por utilizar dinheiro a crédito, deve analisar o valor da TAEG (Taxa Anual Efetiva Global) que lhe será cobrada caso não pague o valor em dívida na sua totalidade ou liquide apenas o montante mínimo da mesma. Quanto mais baixa for esta taxa, melhor para a sua carteira.

Neste ponto, vale a pena referir que é possível contratar cartões de crédito sem pagar taxas. Conheça as vantagens e desvantagens no nosso artigo.

2. Anuidade

Hoje em dia, existe uma variedade de cartões de crédito sem custos de anuidade associados ou que oferecem a primeira anuidade. Analise com cuidado esta questão, pois, apesar de as ofertas serem atrativas, se tiver de pagar anuidade de nada lhe servirão os descontos e as restantes vantagens.

No caso particular dos cartões isentos de anuidade, informe-se sobre o valor das taxas de juros a pagar caso falhe com os montantes devidos. Isto porque, para compensar a anuidade, os bancos costumam aplicar taxas de juro mais altas. Faça as contas e perceba se um cartão sem anuidade é o mais indicado para o seu perfil.

3. Seguros

Alguns cartões de crédito têm pacotes de seguros associados – por exemplo, seguro de viagem, seguro de proteção às compras, entre outros. Antes de escolher o cartão de crédito mais indicado para si, faça questão de ser devidamente informado sobre este assunto, para depois não ter surpresas desagradáveis no momento de pagar a conta.

Como pedir cartão de crédito: procedimentos gerais

Depois de ter escolhido o cartão de crédito tendo em consideração todas estas questões, só precisa de contactar o banco ou outra entidade emissora para “fechar o negócio”. Poderá fazê-lo presencialmente, junto da entidade bancária, ou online, numa qualquer agência de crédito.

Recordamos que, se estiver registado no MB Net, também pode gerar um cartão de crédito virtual sempre que precisar.

Não se esqueça também da possibilidade de pedir um cartão de crédito junto de uma instituição financeira sem que, para isso, tenha de mudar de banco. Nestes casos, para aderir ao cartão, só terá de indicar o número da sua conta atual para que a instituição emissora possa efetuar a cobrança referente ao cartão.

Em relação ao tempo de processamento do cartão, este varia de acordo com a instituição emissora. Por norma, depois da requisição ser aprovada, demorará cerca de 7 a 10 dias úteis até receber o cartão. É essencial certificar, nesse sentido, que se enviou todos os documentos necessários para que a solicitação seja processada rapidamente.

Quais os documentos necessários?

Os documentos necessários para pedir um cartão de crédito são, por norma, os seguintes:

  • Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão;
  • Número de Identificação Fiscal;
  • IBAN;
  • Último recibo de vencimento;
  • Comprovativo de morada.

A opinião do Portal do Crédito

Voltamos a frisar que se não cumprir com as suas obrigações junto da entidade credora, as consequências podem ser muito negativas para a sua vida pessoal e financeira. Além de ficar com o seu nome comprometido na lista negra do Banco de Portugal – colocando em risco futuras contratações de crédito -, pode ver o seu salário e/ou reembolso do IRS penhorados ou mesmo ser alvo de procedimentos legais.

Por esta razão, avalie bem a necessidade da contratação de um (ou mais do que um) cartão de crédito.

Chamamos ainda a sua atenção para o facto de que todos os custos associados à utilização do cartão devem constar do preçário da instituição. Esteja atento a estes valores no momento da contratação de um cartão de crédito. Recordamos, a este propósito, que a TAEG dos cartões de crédito está limitada pelas taxas máximas fixadas trimestralmente pelo Banco de Portugal. Por isso, não se deixe enganar.

Artigos relacionados

Se tiver alguma dúvida ou questão, fale connosco pelo Messenger
Viviane Soares
Viviane Soares é redatora e editora, com mais de três anos de experiência na escrita de artigos de finanças pessoais. No Portal do Crédito, tem como principal objetivo disponibilizar a melhor informação sobre financiamento, de forma prática e acessível.